A Arte de Dirigir – Dicas para dirigir com eficácia

drivingInfelizmente não é todo momento na vida que podemos desfrutar de acelerar um carro vigor, com o alto preço da gasolina e os limites de velocidade no transito nada como aprender a dirigir com eficiência e utilizar cada ml de combustível do seu tanque com o mínimo de perdas. A Arte de Dirigir também prevalece na condução civil, andar devagar(mas não quase parando…) também requer uma técnica, e principalmente, afinidade com seu carro.

Tire o pé do pedal de embreagem.

pedalsO primeiro passo para dirigir com eficácia, é largar a mania de pisar na embreagem sem necessidade. A embreagem é um componente do sistema de transmissão que tem a função de transmitir e cessar a força do motor para a caixa de marchas, e seu uso é exclusivo para deslocamento do veículo e mudança de marcha, nada mais. O problema está no fato de muitos motoristas utilizarem a embreagem para por carro em ponto morto quando desejam reduzir sua velocidade, atitude que além de não ser econômica ainda põe em risco a integridade do próprio motorista e passageiros.

Não é econômico pois o motor do veículo, quando o cambio está ponto morto, entra em rotação de marcha-lenta e continua consumindo combustível. Tampouco é seguro, pois simplesmente as rodas não possuem força-motriz, qualquer desvio crítico pode fazer o carro perder o controle.

Desde que os veículos passaram a ter injeção eletrônica, a ECU controla o chamado cut-off(Leia mais), ou corte de combustível. O cut-off é uma função do sistema de injeção eletrônica que é ativada quando se desacelera o motor sem debrear(sem acionar a embreagem) e a partir das informações dos diversos sensores do sistema. Essa é a sua ferramenta para economizar combustível enquanto conduz seu carro.

No trafego urbano, acelerar é inútil…

Car trafficFotossensores, sinais com tempo programado, carros na sua frente e muitos outros obstáculos que tornam inútil você gastar combustível para superar todos eles. O grande lance nesse momento é acompanhar o trânsito e ser proativo… Sim proativo. Você deve prestar atenção no que está vindo a sua frente, se um sinal acaba de se fechar não há motivo para continuar acelerando, se o tráfego está reduzindo a velocidade e você não pode ultrapassar ninguém também não há motivo para continuar acelerando. Então, você pode aproveitar o cut-off e deixar que carro chegue até o sinal fechado ou simplesmente reduzir para acompanhar outros carros. O único porém do cut-off resume-se pelo fato do veículo continuar engatado e assim desacelerar mais rapidamente do que se o veículo estivesse em ponto morto. Você terá avaliar o momento certo para desacelerar antes de chegar ao semáforo ou não trafegar muito próximo do carro da frente. No trânsito existem motoristas que simplesmente aplicam pequenas freadas por motivos quaisquer, e ao invés de ficar grudado atrás e freando junto com eles, você pode estar a distância de um carro deles e apenas desacelerar e quando necessário frear, acompanhando os carros(mas o melhor mesmo é sair de trás desse tipo de motorista…).

Mantenha velocidade, acelere apenas o necessário.

speedometerUm dos maiores problemas dos motoristas é acelerar em demasia durante a condução, o que por consequência leva a quebra dos limites de velocidade, e claro, desperdício de combustível. Acostume-se a manter sua velocidade, dessa forma você a injeção eletrônica, através do sinal da Sonda Lambda(Leia mais) trabalha para manter a injeção de combustível na relação estequiométrica, e assim buscar o equilíbrio de funcionamento, economizando combustível e disponibilizando boa potência.
Evite arrancadas bruscas, trafegue com suavidade, pois acelerar o suficiente para o veículo se deslocar pode poupar quilômetros de combustível, e a vida útil do seu carro também…

Mantenha aceleração na subida, segure na descida.

Crédito foto: Motortrend

Crédito foto: Motortrend

Aclives e declives são muito comuns em vias urbanas de trânsito rápido. O limite de velocidade nessas vias geralmente é 60Km/h, e claro, o ideal é manter os 60Km/h sempre. Mas quando o veículo enfrenta um aclive é natural que o mesmo perca velocidade. Muitos motoristas aumentam um pouco a aceleração para compensar a perda e manter velocidade, mas essa saída não é o melhor em termos de economia.  Ao encarar um aclive mantenha a aceleração, não reduza nem acelere, e deixe que o carro perca um pouco de velocidade até que se estabilize, desde que a perda de velocidade não seja superior a 10Km/h. Com a aceleração mantida inicie a decida. É normal que o veículo ganhe velocidade além do limite da via, mantenha a aceleração até que o veículo atinja a velocidade limite, e então desacelere para o mesmo entrar em cut-off, por ser uma decida a perda de velocidade não será grande, o veículo pode até manter a velocidade, mas o corte combustível se efetuará.

Dirigindo dessa forma você utiliza o acelerador eletrônico, que se ajusta para manter a velocidade, e mantem o motor em regime constante, colaborando para o cálculo de injeção da mistura estequiométrica de combustível e ainda trabalha reduzindo o tempo de injeção até o corte total de combustível durante a decida.

Não deixe para frear próximo do semáforo:

car traffic lightsAtravessar semáforos sem parar é quase um roleta russa, as vezes você é premiado com um aberto. Contudo muitas vezes estamos nos deslocando com boa velocidade e o sinal começa a fechar(acende a luz amarela), e percebemos que não adiantar acelerar para passar. Então, desacelere e deixe o carro chegar até o semáforo para finalmente parar, mas sem pisar no pedal de embreagem, a desaceleração é feita com o cambio engatado. Quando finalmente o sinal estiver próximo, você não precisará frear tanto para o veículo parar, pois você já reduziu grande parte da velocidade. Consumiu menos combustível e menos pastilhas de freio.

Reduza antes da curva, acelere para sair dela:

car turningNo auge da carreira, Ayrton Senna venceu de forma sofrida o GP do Brasil de F1 com problemas no cambio de seu Mclaren-Honda. Ayrton tinha apenas a sexta marcha para dirigir por todo circuito. Para muitas pessoas, a única dificuldade de Ayrton era dirigir com um carro mais lento e vencer, mas as coisas não foram tão “fáceis” assim para o eterno campeão. Ayrton teve que lutar contra o próprio carro que insistia em querer sair da pista a cada curva por simplesmente não reduzir as marchas. O motor não tinha força suficiente para tracionar as rodas e trazer o carro para o traçado desejado, Ayrton fez isso no braço mesmo. Resultado, saiu do carro com espasmos… mas venceu a prova.

É esse tipo de resposta do carro que você irá obter tentando fazer um curva sem reduzir para uma marcha adequada ou simplesmente fazendo a curva com o carro em ponto morto, você estará brigando com um carro que não tem força para traze-lo à trajetoria.
Aproxime-se da curva desacelerando(e sinalizando, é importante.), antes de entrar reduza a marcha e finalmente comece a esterçar o volante. Então acelere moderadamente para sair da curva. Isso fará com que você mantenha o controle do carro mesmo quando estiver dobrando-o, e ainda trará o carro mais facilmente para dentro da curva.

Não estique as marchas, trabalhe na faixa de torque máximo.

car tachometerQuando estamos começando a dirigir, a maior dúvida é o momento de se trocar de marcha. A maioria dos carros de auto-escola são básicos, e raramente dispões de conta-giros, e se o possuem, raramente o instrutor sabe informar o momento certo para trocar de marcha. Os motoristas que saem da auto-escola acabam desenvolvendo um “sentimento” para saber em que momento trocar de marcha. Geralmente o momento mais propício para se trocar de marcha é na rotação de torque máximo do motor(Pode ser consultada no manual do proprietário.), abaixo ou além desse regime resulta em consumo excessivo de combustível e nem sempre maior desempenho. Contudo, se seu carro não possui conta-giros esse momento vai ter que ser descoberto no feeling mesmo, e isso só vem com o tempo. De qualquer forma, evite andar com o motor gritando(giro alto) ou com o motor vibrando(giro muito baixo), trafegue em uma rotação que o motor disponha de torque disponível ao menor movimento do acelerador.

Estas são pequenas dicas para se andar com eficácia na cidade, aproveitar a potência do motor, e saber economizar na hora certa.
Economia de combustível está, também, diretamente ligada a regularidade nas manutenções. Consulte o manual do seu veículo e dê prioridade aos períodos de manutenção preventiva. Também não esqueça de semanalmente calibrar os pneus(leia mais) com pressão especificada pelo fabricante.

Auto entusiasta, piloto virtual, técnico em Manutenção e Mecânica Automotiva, estudante de Engenharia Mecânica. Automobilista nato!

  • Ronaldo Moreira

    Muito bom essa matéria foi de grande varia para mim.

  • Dirigir ate 3.000 giros poupa o motor?

    • Antonio, todo veículo é preparado para girar dentro do seus limites mínimo e máximo de rotação. Claro que dirigir como motor girando nos extremos não vai quebrar seu motor, mas vai desgasta-lo mais rápido. Geralmente se recomenda a motoristas comuns que dirijam no meio dessa faixa mínima e máxima de rotação, que na maioria dos casos é cerca de 2000-3000RPM, ou rotação de torque máximo. Resumindo, a resposta é Sim.

Your Turn To Talk

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instagram