Injeção Eletrônica: Tudo sobre Sensor MAP.

map1O MAP – Manifold Absolute Pressure é um dos sensores mais importantes dos sistemas de injeção, principalmente os que trabalham com o método Speed/Density.
Geralmente do tipo Resistivo o MAP localiza-se no coletor Coletor de Admissão depois do Corpo de Borboleta, é ele calcula a pressão dentro do coletor, ou seja, informa a ECU com que carga o motor está trabalhando, a ECU com essa informação determina o avanço da centelha, substituindo o antigo avanço à vácuo e calcula a quantidade ideal de combustível para a massa de ar.

Por dentro do MAP:

Constituído de um diafragma e uma membrana piezo-resistiva, essa membrana está contida no diafragma formando um composto chamado de strain-gage. O  strain-gage é um extensômetro de resistência elétrica que está serigrafado em uma placa cerâmica, ou seja, são resistores sensíveis à deformação que formam um circuito chamado Ponte de Wheatstone.
O diafragma está envolvido pelo corpo do sensor, hermeticamente fechado formando duas câmaras, com uma delas em contato com o coletor de admissão e a outra com uma pressão fixa de 1 BAR, esta se deforma de acordo com  a pressão no coletor de admissão, ao se deformar a resistência da membrana piezo-resistiva se altera, logo a tensão que o MAP envia a ECU também.

Funcionamento:

Ao ligar a ignição – momentos antes de dar a partida – a ECU envia o sinal de 5 volts de referência para o MAP, que deve retornar um sinal entre 0 e 5 volts para ECU.
Como o motor está desligado a pressão no coletor é a mesma pressão atmosférica, logo o diafragma ficará imóvel, a resistência não vai se alterar e o sinal do MAP será de 5 volts.

Nota: Se você leu as matérias anteriores, sabe que sinais extremos 0 ou 5 volts geram códigos de falha, mas neste caso como o motor está parado, não há sinal do Sensor de Rotação e então a ECU não interpreta como uma falha.

Com o motor funcionando em marcha lenta a posição da borboleta de aceleração ficará levemente aberta, com isso uma grande depressão será criada no coletor – cerca de 0,4 BAR – e fará com que o diafragma se flexione alterando sua resistência, e então, seu sinal de saída para ECU, que ficará em torno de 1,5 volts.
Ao trafegar com o veículo em uma situação de transito normal, o motor estará trabalhando sob carga parcial, ou seja, a borboleta estará aberta, mas não totalmente. A depressão diminui, o diafragma se deforma menos e o sinal do MAP para ECU aumenta.
Quando se pisa fundo no acelerador, a borboleta abre totalmente, a pressão no coletor aproxima-se de 1 BAR, com a pouca flexão a tensão de saída gira em torno de 4,6 volts, nunca devendo chegar a 5 volts.

O que é o valor do MAP para ECU?

O sinal de saída do MAP ao chegar na ECU, é utilizado para o calculo do Fluxo da Massa de Ar.
A partir do valor do MAP a ECU “sabe” a densidade do ar, a massa de ar que entra no motor é proporcional a densidade do ar, que por sua vez é proporcional a pressão absoluta, e inversamente proporcional a temperatura absoluta.
O valor do fluxo da massa ar é um dos parâmetros que a ECU utiliza para calcular a quantidade exata de combustível a ser injetada.

Vácuo e Pressão Absoluta:

map2Para entender o MAP, é importante saber o que queremos dizer quando chamamos vácuo e pressão absoluta.
A pressão absoluta é que se mede desde o vácuo total, ou seja, o zero de pressão; e o vácuo é a diferença entre a pressão absoluta no coletor de admissão e a pressão atmosférica. Então o vácuo indica uma pressão abaixo da atmosférica.
Sempre que vamos medir a pressão no coletor com um manômetro temos que entender que o vácuo é a pressão medida pelo vacuômetro, claro. Mas isso se deve ao fato do vacuômetro medir com base na pressão atmosférica local.
O MAP mede a pressão absoluta com base no zero de pressão, logo chega-se a conclusão: Pressão Absoluta = Pressão Atmosférica – Vácuo.

Sensor Combinado:

 

map3Como o valor da temperatura do ar é importante para o cálculo da massa de ar, é comum encontrar sensor MAP combinado com o sensor de Temperatura do ar, na verdade atualmente o sensor combinado é unanimidade no mercado.
A diferença para o MAP(separado) é que não há mais a problemática mangueira que liga o sensor ao coletor de admissão, agora o sensor é fixado no coletor, outra diferença é o terminal do sensor que possui 4 pinos. Um sinal de referência, um terra e os sinais de saída do MAP e temperatura do ar.

Sensor MAP de Variação de frequência capacitivo:

É um tipo de sensor MAP que utiliza o principio de capacitor em seu fucionamento. Neste sensor o que o dielétrico do capacitor é um câmara de pressão ligada ao coletor de admissão ou exposta à pressão atmosférica. A medida que a pressão varia, varia também a capacitância. Em um circuito indutor-capacitor essa variação gera uma variação da frequência de ressonância, a capacitância é transformada em um sinal de frequência. Para a ECU o aumento na frequência do sinais de saída do sensor significa um aumento na pressão e vice-versa.

Testando o Sensor MAP:

map4

Crédito foto: http://www.fullsizebronco.com/

Retire o MAP do coletor de admissão, mais não desconecte o conector, e em seguida coloque as pontas de prova do multímetro nos fios de terra e do sinal saída. Agora você irá precisar de uma bomba de vácuo, coloque a mangueira da bomba de vácuo no MAP. A finalidade da bomba é simular as situações de trabalho do MAP, a medida que você aciona a bomba de vácuo você verá pelo multímetro a variação da tensão que é enviada para ECU. Para conferir se a pressão está correta você precisará da tabela de parâmetros de tensão do MAP.

Unidades de medida contida no vacuômetro:

– kg/cm²(Quilograma por Centímetro quadrado): Força em kg que o fluído exerce sobre uma área de 1cm².

– psi(Libra por polegada quadrada): Força em libras que um fluído exerce sobre uma área de 1 polegada quadrada.

– BAR(a palavra BAR vem do Baros, que significa peso): Força em newtons(N) que o fluído exercer sobre uma área de 1cm².

– inHG(Polegadas de mercúrio): Quantidade de polegadas que o fluído consegue elevar em uma coluna de mercúrio.

– mmHG(Milímetros de mercúrio): Quantidade de milímetros que o fluído consegue elevar em uma coluna de mercúrio.

– cmHG(Centímetros de mercúrio): Quantidade de centímetros que fluído consegue elevar em uma coluna de mercúrio.

Auto entusiasta, piloto virtual, técnico em Manutenção e Mecânica Automotiva, estudante de Engenharia Mecânica. Automobilista nato!

  • Pingback: Injeção Eletrônica: Funcionamento do Sensor de Posição da Borboleta | Carros Infoco ()

  • Parabens pelo otimo artigo. Sou um entusiasta da mecanica e tb automobilista nato.

  • Tenho um corsa 2012 1.4 econoflex que gasta um absurdo,com um tanque rodo em torno de 280
    km com etanol com gasolina rodo 360 km,será que pode ser esse sensor..

  • Ledilson de Moraes

    Olá, poderia me dizer quais são os pinos numerados das funções?
    EX: 1 – terra, 2 – referencia, 3- map, 4- temperatura do ar
    agradeço

  • izaque floriano

    tenho um gol g4 1.0 ele gasta muito combustivel e falha nas arrancadas e tambem em altas velocidades os cabos e velas são novos.

  • diogo francisco

    Ola gostei mto do artigo tenho uma parati 97 1.8 mi e ta com ocilacao mto forte na lenta e ate acelera sozinha e desacelera tbm ja troquei de tdo q possa imagina cabos velas sensores de temperatuira bobina fiz limpeza de bico troquei motor de passo 2 vezes e nada resolve fiz limpeza de corpo de borboleta me diserao q talves seja o map ou sensor do corpo da borboleta por favor me ajude n aguento mas gasta e esta ate perigoso pq qndo se anda no carro na lenta a ums 20 25 30 por hra do nada o carro acelera arranca se n segura pode ate bate no carro da frente des de ja obrigado aguardo ajuda!!!!!!

    • Diogo, converse com seu mecânico para evitar troca-troca de peças e começar a investigar o problema a fundo. Desmontar coletor, fazer teste de compressão e etc. Este não é um problema raro nessa linha VW.

  • fernando alves da silva

    como devo proceder no caso do meu vectra 94 cd que o alarme original funcionava e parou de repenteque devo fazer
    como tambem o carro nao esta dando apartida normal funciona os trinta minutos e depois para e quando volto acionar sinto um cheiro de gasolina muito forte como se esta afolgando não fiz o teste do medidor de pressão estou esperando o mecanico descobrir mas tenho a impressão de ser ele porem não tenho certeza

    • Que tal ver o filtro de carvão ativado ein ? Seu carro é antigo, ele deve estar bastante saturado, quando o sistema dos gases de combustível entope, prejudica o fornecimento de combustível para o motor.

  • por que os sensores trabalham com 5 volts

  • Tenho um celta 2009/2010 que está acelerando sozinho, principalmente quando liga o ar condicionado, isto pode ser o sensor MAP ?

  • tenho um versa 11/12 esta dando de alterar marcha lenta e as vezes chega a morrer e ascende a luz no painel de motor levei no mecanico e acusou sensor map ja troquei mas nao resolveu acontece principalmente quando freia e vira a direçao total como se vazasse ar me de uma dica

  • Jefferson Nogueira

    OLá. Tenho um Fiesta Amazon modelo 04/05 e estou passando por uma dificuldade. Toda que passo por um declive, o carro começa a falhar. Ele cai a rotação e no máximo chega a 20 km/h. Já fiz manutenção da bomba de combustível, filtro de combustível, velas e cabos e o defeito ainda continua. Após uma verificação com um aparelho eletrônico, um profissional me disse que o sensor Map e o sensor de temperatura estavam fora do padrão e que poderia estar deixando o carro nesta situação. Gostaria de saber se realmente o sensor Map deixa o carro nesse estado?

  • Geraldo Henrique Farias

    Tenho um ford ka ano 2006/07 motor 1.0 zetec rocam, o sensor MAP dele é o sensor duplo, de 4 pinos (sensor combinado) , (sensor MAP combinado com o sensor de Temperatura do ar) preciso saber qual é o pino ou a cor do fio que vem da ecu, que é o sinal do map, tenho que fazer uma ligação mas preciso saber qual é dos 4 o fio de sinal do map. att: Geraldo Henrique. e-mail geraldohfarias@gmail.com cel vivo(27) 998368720-cel oi (27)988666418

  • tenho um gol turbo coloquei o corpo de borboleta do audi e agora a posiçao da borboleta fica 77% e ta gastando muito teria como mudar os fios pra acertar isso a impressao eq esta trabalhando ao contrario vc teria um esquema eletrico ou algo que possa me ajudar desde obrigado.

  • Fernando Pasquim

    Muito bom o artigo!! Gostaria de uma ajuda!
    Tenho um Escort XR3 95 equipado com a injeção EcFic 4 EFI que utiliza sensor MAP, porem nas medidas dele o fio que deveria informar sinal para o modulo fica em 5v, porem quando conectado ao sensor ele baixa essa medida para 2.5V com isso o carro tem mau desempenho na baixa e alta!

    Comprei sensor novo e ficou nas mesmas medidas, o que pode ser?

  • O meu carro anda soluçando. O diagnostico deu os cod: P0107; 270; 351 e 352. Qual pode ser o problema.
    Marca é Chevrolet
    Modelo Cruze 2011
    agradecia…

  • eudes morais

    cara troquei o bico enjetor do meu uno mille e dai ele começou a falhar,já troquei varias peças até o sensor map,Oque eu fico sem entender,é que quando a mangueira está colocada no sensor map ele falha muito e quando eu tiro ele para oque pode ser? alguem min ajuda…

  • Tenho um gol g3 2001, gostaria de saber qual o fio do sensor de temperatura? Obrigado desde ja.

  • boa noite, tenho um ford focus 2011 1,6 16v,, de vez em quando, quando esta frio ele apaga com o carro andando ao trocar de macha, levei no mecanico, colocou a maquina e a unica coisa q acusou foi q o sensor map está demorando pra subir a temperatura, será q é isso mesmo?, quando tá quente não apaga..

  • Tenho um Monza 96 ele tá com um defeito quando ligo ele sedo não acelera Q presta depois de um bom tempo ele fica com a lenta no20 daí quando eu piso ele raia . O que pode ser

  • poderia me ajudar,se o sensor t-map falhar quais sensores o modulo ira usar para substituir esta informação faltante
    obrigado!

    • Nenhum. A ECU adota pressão atmosférica padrão e acende a luz de anomalia no painel. Se você inventar de subir um serra a coisa vai feder…

    • tenho as opções para a pergunta anterior poderia me ajudar amigo, no caso de falha do sensor T-MAP, quais sensores o PCM irá usar para substituir esta informação faltante? obrigado!
      A. Sensor CMP e ECT.
      B. Sensor TP e HEGO.
      C. Sensor ECT e HEGO.
      D. Sensor TP e CKP.

  • Clécio Borges

    Olá Anderson, meus parabéns pela matéria, veja se você consegue me dar uma luz, tenho um Santana 2.0 ano 2000 que acabei de dar uma geral, cabeçote, limpeza e troca de todas as mangueiras de arrefecimento, bobina, cabos de vela, velas, filtros de combustível / óleo / ar, bomba d’gua, bomba de óleo, limpeza de bico e TBI, escapamento, mas não troquei nenhum sensor, o motor está excelente, potente e com ótimo consumo, porém quando está quente, geralmente não fica na marca dos 1000 RPM e sim nos 1400, daí as vezes normaliza se eu der uma soltada na embreagem com ele engatado, pensei justamente em sensor MAP e/ou de marcha lenta, faz sentido ? Obrigado

  • adeli borges

    gostaria de saber se o verona 95 1.8 ap preciso saber se é com 1 sonda e 1 sensor map, se der pra me responder obg.

  • Tenho um corolla 2007 que perdeu a força e ta bebendo muito. Carro esta ratiando. Sem arrancanda. É. Sinal de falha do map

  • Tenho um corolla 2007 que perdeu a força e ta bebendo muito. Carro esta ratiando. Sem arrancanda. É. Sinal de falha do map?

    • Não necessariamente, ratiando, você quer dizer falhando ? É importante verificar como andam os bicos injetores, há a possibilidade deles estarem travados abertos.

  • Tenho uma Parati 1.8 Tour Glll 2002 que toda vez que faço o uso do ar condicinado se preciso desligar o motor e ligar de novo ela demora a pegar na partida, toda vez parece que ela esta com excesso, já foi trocado regulador de pressão feita limpeza dos sistema e scaneado mas nada acuso ou resolveu o problema, o que pode ser será este sensor MAP?

  • Tenho palio 1.5 96 despluguei o senson map retirei a mangueira que liga ao coletor para fazer uma limpeza detalhe usei usei um desintupidor de fogao para limpa aquele buraquinho do map que encaixa a mangueira ai coloquei tudo de volta novamente so que cortei as as pontas da mangueira que ja estavam meio que folgada mas so que agora quando ligo o carro ele passa ums 30 segundos com aceleracao normal do nada cai a aceleracao e fica tipo falhando com uma catinga no scap alguem poderia me dizer a causa ?

    • João… Estou com receio de que você tenha furado (sem querer) o diafragma do MAP, eu testaria o MAP com o vacuômetro para verificar se este ainda está enviando sinal para a ECU, e corretamente. Pois se tiver furado, ele vai deixar de funcionar…

  • boas tenho um fiat stilo de 2003 quando o carro está frio ele tem uma ligeira falha mas quando está quente ás vezes nao aguenta no rolantio e desliga se quando acelero ele falha ou seja, desacelera sosinho e no rolantio ele esta sempre a cair as rotaçoes estão sempre abaixo dos 1000 e o ponteiro sobe e desce sem acelerar acham que pode ser do sensor de temperatura?

  • tenho ford focus 2007 automatico duratec liga normal quando esquenta bem vc pisa e ele nao anda ai precisa tirar o pe e ele anda devagar ja troque a bomba de combustivel e ficou igual pode ser o sensor de comb e temp me ajude obrigado.

    • É difícil dizer, não acredito que seja sensor de temperatura, é algo a se avaliar. Eu conferiria o funcionamento do pedal eletrônico do acelerador e seguida partiria para o Corpo de Borboleta. Ele foi passado no scanner ?

  • flavio pellanda

    Ola possuo um ford transit 2010 , derepente ele começou a falhar ,na troca de marcha quando acelero novamente ele parece afogar a rotação vai la em baixo se continuo acelerando derepente ele abre e vai, na próxima troca faz novamente,ja levei em emprese especializada e nada, chegaram a isolar a valvula IGR, e nada aí começaram a desconfiar do sensor map mas sem ter certeza, tem hora que fica insuportavel pois a mesma quase não anda,aí retirei o sensor map e comecei a limpalo com limpa contato ele melhora mas por pouco tempo,quando limpo com o limpa contato escorre bastante liquido preto mistura do limpa contato com sujeira do sensor . poderias me dar uma dica .. muito obrigado.

    • Sujeira no sensor MAP ? Sua Ford Transit tem motor a diesel ou gasolina ? Pergunto isso pois não sei se você é do Brasil…

      Se for a gasolina, procure pela tubulação de blow-by do motor, e verifique se há fumaça saindo por ela, neste caso, muita fumaça e com grande velocidade.

      Se for a diesel, eu verificaria o estado do turbo-compressor…

  • flavio alexandre pellanda

    boa noite daniel sou do brasil sim moro em santa catarina, o veiculo é diesel sim então comprei este veiculo no começo de fevereiro não tive nenhum problema até maio aí começou o meu tormento andava 400 metros de manha ele perdia rotação chacoalhava e morria ligava novamente ele ia beleza derepente começava a falhar na troca de marcha eu acelerava e a rotação dele não passava de 1000 rpm tentava acerar até o fim direto e nada derepente com o pé no fundo ele ia se arrastando e derepente a rotação voltava ao normal andava um pouco começava de novo e assim foi durante varios dias até que um dia parou no meio da rua e não tinha o que fazer a rotação não subia , consegui ir muito devagar até minha casa pois estava perto,liguei para a concessionaria ford caminhões e me mandaram um tecnico com scaner super moderno que ficou aproximadamente 2 horas testando e a unica coisa que aparecia era falha no sensor de aceleração masele disse que provavelmente era porque estava na linha de defeitos assim mesmo troquei e nada, mandei de guincho para uma oficina especializada em diesel pois falaram para esta tecnico da ford que tinha que isolar a valvula igr nesta oficina isolaram a valvula enada até que descobriram mal contato no plugue chicote dentro do motor, arfrumaram,melhorou durante 15 dias e começou tudo de novo voltei a oficina passaram o scaner novamente aí começou a aparecer falha no sensor map mas eles não tem certeza pois pode estar na linha de defeitos novamente eles me pediram para levar numa auto el´trica para ter certeza que o plugue do chicote ja mencionado estava ligado corretamente , tentei mas se torna inviavel pois não posso parar o veiculo ,se trata de van escolar e não tenho como deixar 2 dias de semana parado para verificação e este é o tempo estimado para realização do serviço, vamos ao presente atualmente continuo me incomodando mas estou com algumas alternativas . o que acontece atualmente , começou a falhar piso fundo no acelerador em ponto mortoele não sobe arotação mais de 1000 rpm continuo pisando derepente a rotação sobe até 3000 rpm ai ele anda mais um tempo sem falhar derepente vomeça de novo quando isto acontece não adianta deslgo ligo desligo ligo até ele ficar com rotaçao aí ando verifiquei com o tempo que começa falhar depois de um tempo rodando mais ou menos 15 km, tambem verifiquei que abaixo de um quarto de diesel ele aumenta a incidencia do problema ja retirei o tanque e não havia nada de errado ,quando esta muito ruim retiro o sensor map, limpo com limpa contato sai aquele preto que ja mencionei e melhora um pouco até começar novamente em pouco tempo, agradeço sua paciencia e aguardo com ansiedade sua resposta, estou realmente desesperado flavio

    • Flavio, bom dia.

      Primeiramente, eu tenho que te dizer, que seu carro deverá passar por uma análise. Eu imagino como deve ser complicado para você, em virtude de ser seu ganha pão, mas vamos aos fatos, até agora ninguém teve tempo de investigar seu carro a fundo.

      É difícil para eu te dar um palpite, mas a borra preta contaminando o Map é clara evidência de que algo está passando do escapamento para o motor, e em excesso. Como assim ? Motores turbodiesel utilizam um turbocompressor para comprimir o ar de admissão e fazer uma admissão forçada. Entretanto, os turbocompressores modernos utilizam por vezes canais de lubrificação para lubrificar e retirar calor dos componentes móveis do turbocompressor. Existem casos onde esse lubrificante vaza dos canais dentro do turbo, e então contaminam o ar de admissão, sujando tudo por onde passam. Essa pode ser uma causa do seu problema. Eu disse, pode ser.

      Outra, é a mencionada válvula EGR, recircula parte dos gases de escape para serem reaproveitados pelo motor, se ela estiver travada aberta, os gases entrarão a todo momento, gerando falhamentos e também contaminando tudo por onde passam. Nesses casos, existe a possibilidade de que com uma limpeza a válvula EGR volte a ficar operante. Quando não, substituição, e não é nada complicado. Plug and Play.

      Essas são as minhas sugestões, apenas com base nos seus relatos. Digo mais, procure levar seu carro em outras oficinas. Percebi que você já levou em duas, e nada foi resolvido, leve em outras mas evite dizer do histórico de oficinas do carro. Apresente apenas os problemas e espere o diagnóstico, se for o mesmo das outras, você já sabe que não vai resolver e siga adiante. É uma forma de não perder muito tempo, e nisso você pode encontrar alguém que investigue seu problema a fundo.

      Grato e boa sorte.

      Anderson Luiz Dias.

  • Ei to com fox n ten fosana maxaleta

  • andre fontoura

    Bom dia anderson. tenho um fox 1.0 2009 está com o sensor map elevado, da uns estourinhos no coletor de admissão, e está choxo, não desenvolve bem, parece meio travado ,fiz cabeçote completo uns 5 meses atrás , te pergunto pode ser esse cabeçote mal feito ou algum problema na injeção eletrônica. abs André

  • boa tarde tenho um palio 97 1.5 8v, o mesmo fica acusando sensor map no scaner, coloquei um sensor novo e continuou a acusar, troquei o modulo e continua a acusar o que devo fazer?

    • Rafael, boa tarde.

      O fato do Map indicar uma falha significa que ele está defeituoso. Na verdade a função dele é justamente monitorar a pressão no coletor de admissão. Se ele informa uma leitura fora dos padrões, quer dizer que algo está errado no coletor e/ou adjacências. Verifique as juntas do coletor, tubulações do da válvula de purga do canister, recirculação dos gases de escape e qualquer tubulação que se ligue ao coletor de admissão.

  • andre fontouraa

    Bom dia anderson. tenho um fox 1.0 2009 está com o sensor map elevado, da uns estourinhos no coletor de admissão, e está choxo, não desenvolve bem, parece meio travado ,fiz cabeçote completo uns 5 meses atrás , te pergunto pode ser esse cabeçote mal feito ou algum problema na injeção eletrônica. André

    • Pode ser…

      Verifica se o motor foi colocado no ponto corretamente, depois verifica a compressão dos cilindros. Se estiver tudo bom, tudo leva a crer que o cabeçote não tem culpa.

  • hugo lodenkamper

    Boa tarde eu tenho um Santana 1.8 99/00 ele tem defeito que eu não consigo achar, quando o motor esta frio viro a chave para pegar ele demora pra pegar e quando pega a rotação esta em 600 a 700rpm, saio com ele com motor frio fica dando soco como se tivesse faltando combustível, quando o motor esta quente ele andando fica normal mas quando paro ele fica acelerado em 2.000 rpm e terminando ando com ele numa segunda marcha a 2.000 rpm fica soltando pipoco no escapamento. já troquei sensor de posição de borboleta, atuador de marcha lenta , bomba de combustível, limpeza do copo da borbota, vela e cabo e regulador de pressão de combustível, na minha opinião eu acho que e o sensor map no escapamento esta bem preto por dentro como se mistura rica entre ar e combustível. se puder me ajudar agradeço obrigado

  • EDSON SOUSA DE OLIVEIRA

    Boa tarde Anderson, sou de Brasilia tenho um GOLF 1.4 TSI, minha esposa por engano o abasteceu com álcool, sendo que o mesmo não e flex, bom dai em diante ele começou a acender a luz da injeção e a falhar mesmo após ter queimado totalmente o álcool pois ja abasteci umas cinco vezes com gasolina pura mas quando vai ser efetuada a troca de marcha (cambio DSG), isto e ele da aquela engasgada no momento da troca, porem o defeito desaparece depois de uns 30 minutos quando o motor ja esta bem quente, vc tem alguma ideia do que pode estar acontecendo?

    • Edson, tudo bem ?

      Então, no seu caso, até me surpreendo por ele ter funcionado tanto com etanol. Me pergunto se o etanol possa ter danificado algum componente, mas acho que isso seria visto logo de cara. Entretanto, eu verificaria o estado dos bicos, taxa de compressão, pressão da bomba. No mais fica complicado te falar algo sem ver o carro…

  • Jose ferreira

    Boa noit. Tenho um suzuki jimny 1.3 gasolina. Apliquei eu turbo. Como consigo iludir o sensor map para q consiga alterar os parâmetros.o carro quando ganha pressão de turbo corta.

    • Coloque um módulo de injeção eletrônica programável. Exemplos: Fueltech, Injepro, Pandoo, Protune entre outros a venda por aí. Com um módulo original do carro o motor vai cortar sempre, ou falhar…

  • Marcos Virgínio lara

    Boa tarde!! Instalei um kit hidrogênio no meu vectra 98 e agora preciso instalar um enganador do sensor map.O problema é que eu não sei qual é a cor do fio que manda o sinal para o UCE. Alguém aí sabe?

  • Willians Lisboa

    Bom dia, tenho um Ford Ka motor Zetec Rocan e ele está com problema no desempenho em alta rotação, qdo o carro está frio ele não consegui subir ladeira. Já foi verificado o sistema de injeção, a bomba de combustível, os cabos de vela e as velas, foi trocado o filtro de combustível e nada. Qdo fui subir a serra da Imigrantes o carro não passava dos 60 km/hr, parei o carro com medo de ferver. Pode ser esse sensor?

  • Parabéns!! Isso que precisamos quando pesquisamos uma explicação técnica de excelência…. Mais uma vez parabéns…

  • Jean Fernandes

    Tenho um corsa 2002 1.0 mpfi – carroceria nova – sem ar, somente gasolina, quando subI uma serra, a luz da injeção acendia e ficava piscando de 5 em 5 minutos, isso somente durante a subida, no planalto voltava ao normal não acendia mais, ficou assim durante bastante tempo, ai troquei a sonda lambda, pois apareceu no scaner QUE ERA SONDA, blz, troquei e parou, só que agora depois de uma boa revisão que fiz no carro, fui viajar e durante a subida da serra CHEIA DE CAMINHOES, acendeu de novo, só que não apagou, após subir a serra toda com a luz acesa, cheguei lá em cima desliguei o carro e liguei DE NOVO e zerou ficou tudo bem, viajei 200 km e está tudo bem será que e o sensor MAP?
    Posso voltar de boa e arrumar depois, como das ultimas vezes?
    Abraço…

    • Jean, em alguma momento da sua viagem, ele falhou ou perdeu potência?

      Peço que tenha cuidado ao sair trocando sensores, no caso da sonda lambda, ela está lá para indicar a quantidade de oxigênio que saí do motor, se está saindo algo que esteja fora de seus parâmetros, ele vai indicar falha, o que é confundido como problema na sonda, mas não é. Ela apenas indicou um problema, que poderia ser mistura muito pobre ou muito rica. Entende ?

      Gostaria, apenas, de saber se houve falhamentos, pois acredito que a repentina mudança de altitude tenha levado ao map indicar algo errôneo, mas considerado esporádico pela ECU, e por conta disso o motor continuou funcionando normalmente.

  • Jean Fernandes

    Anderson, boa noite.

    Obrigado pelo retorno, cara ele em nenhum momento perdeu potência ou falhou, estou em viagem com minha família, e todos os dias estou viajando de uma praia para outra e está tudo bem, não ascendeu nenhuma luz de anomalia, falha, nada, agora quando eu subir a serra vou tentar não forçar muito, como eu tinha feito na subida da serra da imigrantes.
    E olha que agora enquanto estou indo em uma praia ou outra, pego varias serras e estou maneirando, quer dizer não forçando muito o 1.0 e está tudo bem.
    O que você sugere que eu faça quando eu voltar para São Paulo?
    Uma passada no SCANER será que resolve?

    Um abraço e um ótimo ano de 2016 para você.

    estarei no aguardo da vossa resposta..

    • Jean boa tarde,

      Então, conferir qual a avaria gerada no scanner pode ser útil, mas também não deve ser levada ao pé da letra. O que acredito que possa ter acontecido é, a súbita elevação da altitude pode ter levado o map a informar uma pressão errônea (mesmo que esporádica) e assim o acionamento da luz de avaria. Pode, realmente, não ser nada, mas vale uma inspeção criteriosa.

      Abraço e feliz 2016 para você e sua família.

  • Aluisio Fernandes

    Anderson Dias, boa noite.

    Estou precisando de ajuda, pois sou proprietario de um GM Corsa Sedam Premium 1.4 econoflex 2010/2011 (corsa novo). E o meu veiculo a um tempo vem me dando dor de cabeça em relação a consumo de combustível, sendo que quando comprei o carro em 2013 o mesmo fazia de 10km/L a 11km/L com etanol e na cidade e ate mesmo eu achava estranho mas achava ótimo esse consumo. Porém nunca consegui mecânico de confiança que realmente fizesse diagnostico especializado e técnico.

    E sempre fui muito criterioso com a manutenção do Corsa, pois sempre trocava o óleo na quilometragem certa usando o melhor óleo do mercado sendo o 5w30 sintético e a cada troca de óleo eu substituiria o filtro de ar, combustível e óleo do motor, e a cada duas trocas realizo a substituição do kit vela de ignição com o cabo.

    No entanto em junho de 2015 antes de realizar uma viagem longa com o veiculo de MG com 1200 metros acima do nível do mar para o PA no nível do mar adiantei a manutenção e fiz uma mais criteriosa pois o mecânico indicou a troca da bomba d’agua e a troca do kit correia com engrenagem e concordei por ser uma viagem longa de 3 mil km, fiz a limpeza dos bicos, troca da vela e cabo, troca de óleo e filtros porque ja sentia um consumo um pouco elevado e um mês antes o carro afogava e falhava (falha no escapamento e oscilação do motor) muito com o motor frio em neutro quando dava a partida ai foi trocada a sonda lambda pós catalisador e feita uma revisão no sistema de ignição e o problema de afogar o carro foi resolvido porém a falha com o motor frio e a falha com o carro andando e m baixa velocidade com baixo rpm (1500 rpm a 2500 rpm) continuaram

    Realizei a viagem e tive um prejuízo do karamba pois o carro fez no máximo 10km/L com gasolina na estrada, e chegando no meu destino o carro estava fazendo média de consumo de carro 4.0 V6 sendo no máximo de 5km/l com gasolina na cidade, desesperado começei a pesquisar possivel causa do problema e por conta própria descobri que foi instalada a vela Borsch SP32 no meu veiculo sendo velas destinadas a linha flexpower e de imediato realizei a troca das velas (NGK BPR7E-D) e fizeram outra limpeza de bicos injetores e revisão da bomba que estava normal de combustível e foi desmontado o corpo de borboleta para verificação e o carro melhorou o consumo fazendo 8km/L de gasolina e continua as falhas de ignição com o motor frio e a oscilação do motor.

    Depois disso tudo ja foi realizado no veiculo:

    Limpeza de bico (2 vezes).
    Substituição da velas ( ngk BPR7E-D)
    Troca dos cabos de vela de ignição.
    Limpeza do TBI.
    Verificação da bomba de gasolina.
    Troca da sonda lambda pós catalisador.
    Troca de todos os filtros.
    Diagnostico via scaner e nenhum erro foi encontrado.
    Reset da central.

    Obs: Um fato curioso foi quando abasteci um tanque de etanol aqui no Pará onde a temperatura sempre está acima dos 35º e o veiculo utilizou a gasolina do tanque de partida a frio ao ponto de esvazia-lo.

    De antemão agradeço a sua paciência em ler esse texto todo, porém preciso de ajuda, pois nessa brincadeira só de manutenção ja foram de 2500 R$ a 3000 R$ tentando resolver isso fora o gasto de gasolina na viagem que realizei com a vela errada e talvez precise fazer essa viagem novamente.

    Muito Obrigado

  • Boa tarde. Os fios do chicote do sensor map da renault master 2.5 ano 2010, se romperam do conector que foi perdido na ocasião do acidente ou roubaram. compramos um conector novo só que os fios tem cores diferentes do cabo original. Precisamos da posição de cada fio com sua respectiva cor para instalação correta, se poderem me atender ficarei muito grato.

  • Boa noite,tenho um vectra CD 98 2.0 16 v de uns dia pra cá a lent dele esta estranha,com ele parado fica nos 800 rpm mais se deixar ele andar um metro que seja em neutro ela vai la pra 1.200 rpm,já limpei tbi,já limpei atuador,verifiquei os conectores de ABS e TC ,verifiquei hidro vácuo e tudo OK!
    Mais ao desconectar o map fica 100% e se conectar ele de novo acelera!
    98% eu acho que é ele e VC?
    Preciso saber antes de comprar essa peça, pois não compro nada paralelo,e o original custa 200 dilmas..obrigado.

    • Calma, que tal verficar o coletar de admissão primeiro ? Pode estar havendo uma entrada falsa de ar, por isso ao desligar o map, ele estabiliza. É uma possibilidade. Peça ao seu mecânico para verificar tudo em torno da parte de admissão, todas a mangueiras que se ligam ao coletor.

  • Oi pessoas eu tem honday i30 e presizo sabe qual esquema do sensor map os fio eli tem 4 e presizo sabe qual Deli o senal qui vai p ecu

  • Wagner Ferreira

    Amigo tenho um corsa econoflex 2008, depois que fiz as novas exigências para GNV. 1 semana depois pra ser mais exato. Meu carro começou apresentar uma chave inglesa no painel (de acordo com o manual – Error na Injeção Eletronica) entrando em modo de segurança todo dia quando vou ligar ele pela manhã. Depois de ligar e desligar ele por diversas vezes (20 a 30 min) ele sai do modo de segurança e funciona normalmente como se não houvesse nada de anormal ai funciona bem o dia inteiro. Desligo e ligo e continua funcionando normalmente. Mas no dia seguinte, o carro volta a apresentar o mesmo problema, perda de potencia e inicia em 1500 rpm ~ 2300rpm e mesmo mantendo o pé no acelerador até o final ele quase não responde e não passa de 3000rpm. Depois de algum tempo ele em modo de segurança ele começa a acelerar e desacelerar continuamente 1200~1800rpm. Só sai do modo de segurança quando o motor já está aquecido. Já levei em um mecânico que me fez trocar os filtros (combustivel, ar e cabine), limpeza de bico, limpeza de tbi, descarbonização …, peguei o carro funcionando e no dia seguinte a mesma coisa. PS: Uso só GNV e Gasolina aditivada e ambos apresenta o mesmo problema.

  • Eduardo Bezerra

    Boa tarde Anderson. Primeiro gostaria de parabeniza-lo por suas dedicadas respostas e gostaria de relatar meu problema com o sensor MAP para conhecimento de todos. Tenho uma fiat uno 2001 smart que desde 2013 vinha apresentando, esporadicamente, perda de força e falha nas marchas baixas e, também, por vezes, nas marchas altas. Fiz duas limpezas de bico com descarbonização, troca de velas, cabos, bobinas, filtro combustívei, ar, óleo e o problema persistia. No último final de semana o problema se agravou, o carro ficava totalmente sem força, afogando quando inssistia nas acelarações e em ponto morto ele morria se não desse uma estocadas na aceleração; por fim a bendita luz de injeção começou a ascender e assim permaneceu. Então, levei o carro na oficina e descobri que o MAP estava com entopimento. Problema resolvido. abraço. Eduardo

  • FERNANDO BRUNO

    Boa tarde, amigo! Tenho uma Pajero Full 2011, 3.2, diesel. O consumo dela na estrada era 11,5, e na cidade, 8,7. De forma intermitente o consumo caiu, até que hj a média fica na estrada 10 e na cidade 7,5. Percebo que durante o dia, aqui no nordeste, por fazer mais calor o consumo é muito algo, e à noite, melhora, aproximando-se daquele consumo anterior.
    Percebo o carro também um pouco fraco, e às vezes sinto um cheiro forte de gases quimicos não normalmente percebido nesse carro, como se fosse um catalizador com defeito…
    Tenho desconfiado do sensor map. Você poderia me ajudar?

  • Montgomery Carlos Pimentel

    Boa noite, tenho um Ford Ka 09/10, e já troquei cabo de vela, vela, bobina, e fiz limpeza de bico… Já fiz isto duas vezes, da primeira tinha um bico injetor ruim, onde fiz a troca. Depois de todo o serviço o carro fica bom em torno de 2 a 3 meses e depois volta apresentar o mesmo defeito. Moro no litoral e quando subo a serra o carro apresenta melhora. Será que pode ser esse sensor?

  • oy
    meu corolla 1.5 XE-Saloon admite muito combustivel principalment n aranque e tem falhas nao desencolve, ja troquei a bomba e o filtro de combustivel ate velas mas cntinua na mesma, sera esse sensor MAP o responsavel
    ajude m, pois so gasta combustivel em vao

  • Qual seria o fio de sinal que vai p ECU no sensor de 4 pinos como medir ?coloquei o enganador de sensor map e efie p a lambda e um kit de hho mas não reduziu o consumo oque será que acontece POLO CLASSIC 2000

  • boa tarde, tenho um corsa 96 1.4 e ele vem apresentando oscilação na rotação, queima das velas, auto consumo de combustível e as vezes cheiro forte gasolina queimando e as veses quando freio este baixa totalmente a rotação vindo desligar só
    o que pode ser ?

  • Tudo de bom a Todos!!!
    Tenho um gol G3 2005 8 válvulas que está apresentando o seguinte problema: Com plug do sensor de pressão de admissão do coletor ligado no sensor o motor não esta segurando a marcha lenta e é preciso estar dando umas aceleradas mas mesmo assim o motor morre, mas ao retirar plug do sensor que fica no coletor de admissão o motor não morre mas a rotação fica abaixo e com motor meio quadrado. Recentemente foi trocado a junta do cabeçote por aquecimento. O que pode ser esta anomalia ??

  • José Bernardo

    Boa noite amigo
    Tenho uma Terracan 2.9 2005
    Depois que chegou na reserva abasteci.
    Em seguida comerçou a perder força e fumaça preto, deu entrada ar, bombinha auxiliar entupida e substituída.
    Voltou a Funcionar fumaçando sem rotação.
    Amarei com arame e regulei manualmente a borboleta e normalizou.
    O devo fazer agora?

  • ALUISIO FURTADO

    Rua Prudente De Moraes 1569
    Ap 111

  • Rafael Brito

    Desativei a mangueira do sensor MAP, e o carro ficou com o funcionamento muito bom, porém com um super consumo de combustível, até eu comprar um novo.
    Depois que eu coloquei outro sensor MAP, o carro voltou a falhar.
    Uno ex 1997.

    Alguem pode me dar uma dica?
    Obridagado.

  • Amon Geremias

    Valeu!

  • Boa tarde. Tenho um Pólo Comfortline 2011 etanol e gnv. O carro simplesmente não funciona direito no etanol, fica engasgando nas lentas e chega a morrer. Levei em uma oficina de injeção e passado o scanner deu problema na sonda lambda e map. Fiz as trocas, primeiro a sonda e nada e por último o map. O erro do map persiste e consequentemente o carro não fica 100 % no etanol. Agora estão desconfiando do módulo de injeção. Será que pode ser o módulo mesmo, fazendo leitura errada?
    Não aguento mais gastar e o carro não ficar bom.
    Agradeceria uma orientação.

    • Sempre preguei que não se deve trocar sensor apenas pelo motivo do scanner acusar a falha. O sensor, na maioria das vezes, informa a falha. O correto é verificar se ambos estão funcionando corretamente e depois partir para outros componentes, caso ambos estejam ok. Seria interessante verificar o estado do coletor de admissão e das mangueiras que o compõem, pode haver alguma entrada falsa de ar.
      A ECU pode ser, sim, o problema. Entretanto eu acredito que não, pois seu carro é 2011 e não é normal um carro desse ano ter problemas com ECU, mas existe essa possibilidade, sim.

  • Ola tenho um gol g3 2003 passei o scanner e esta apresentando os seguintes codigos de falhas .
    P0342 banco baixo 1 do circuito do sensor A de posição do eixo de comando ou sensor unico.
    P0135 O2 banco 1 do sensor do circuito aquecedor do sensor 1
    P0134 O2 sensor do banco 1 nenhuma atividade detectada no circuito do sensor 1. Poderia me ajudar na interpretação desses codigos na prática o que seria.

  • Ulisses Reis

    tenho um gol g2 96 1,8
    quando ele esta parado ele fica na lenta e se acelerar ele responde, mas, em movimento ele falha muito e morre!!!!
    estou muito bolado e nao acerto o defeito dele para efetuar o concerto. Ele e injecao monoponto, ele possui esses sensores e se possuir, preciso de uma luz….

  • bom dia , tenho um clio 1.6 16v 2004/05 abasteci o carro com gasolina aditivada fui em uma cidade proxima em torno de 40 km , na volta na metade do caminho percebi que o carro perdeu um pouco de força , mesmo assim continuei pois não acendeu nem uma luz de anomalia , já chegando na cidade onde moro parei o carro em um mercado , quando fui sair o carro não desenvolvia nem na primeira nem na segunda marcha só apartir da terceira marcha , no outro dia aconteceu a mesma coisa continuava a não desenvolver na 1ª e 2ª marcha , chegeue em casa tirei as velas que estavam “normais ” , mas só que depois disso o carro deu partida fui dr uma volta na quadra para ver ele andou uns 200 metros morreu e não quer funcionar mais , foi trocado o sensor de rotação , e mesmo assim não funciona será que o sensor map pode ter algo com não funcionamento ? grato pela atenção

  • Olá tenho um celta 2007 já não sei mais oque fazer já troquei filtro de ar filtro de combustível,velas , cabo de vela oque pode se consigo fazer 280 km no etanol é 310 km na gasolina me ajudem😭😭😭😭😭

  • Ola ! Tenho uma L200 Outdoor 2008. Gostaria de colocar um manometro turbo, Seria na mangueira do sensor MAP que eu deveria colocar a mangueira do manometro ? Abcs

  • Boa tarde.

    Tenho um astra 16v, quando chega dia de calor e pego muito trânsito onde o motor tende a ficar constante em alta temperatura, meu carro começa a falhar, parecendo estar fora de ponto ao acelerar chega a dar uns pipocos, mesmo em ponto morto se eu deixar acelerado ele morre, mas em marcha lenta funciona normal, quando isso acontece preciso parar o carro e esperar uns 15 a 20min, mas não demora muito o problema volta, já troquei bomba de combustível, velas, cabos, bobina de ignição, sonda lambida, sensor de rotação do virabrequim e TBI. Só não troquei ainda sensor de Fase e o MAP, pois cada vez que passa no Scanner surge um outro sensor.

    Desde já agradeço.

  • Amigos. Tenho um Logan 1.6 e o Sensor MAP fica no pé do coletor. Hoje por obra do destino, meu carro estava com dificuldade de pegar e de manter a marcha lenta estável. Pois bem, investigando nas tubulações, esbarrei no MAP e vi que estava se mexendo com muita facilidade, como se tivesse mal encaixado. depois de mexer nele percebi uma melhora absurda no motor. Isso já indicou pra mim que havia entrada falsa de ar por ali, atrapalhando os cálculos de avanço. A pergunta então é: o que eu poderia usar para fixar o sensor no furo dele, sem correr o risco, claro, de ter objetos estranhos puxados pelo vácuo do motor? Cheguei a pensar em tirar o sensor dali e colocá-lo numa mangueira e a mangueira espetar com algum encaixe de qualidade. Seria válido isso? Atrapalharia o funcionamento do sensor? Penso que daria certo, afinal ele só precisaria do vácuo do motor. Desde já, agradeço pelas sugestões. Bom dia a todos.

  • Afrânio Gaertner

    Vou trocas os oringues de vedação. Nos postos de GNV consigo isso e vou trocar. Parece que o diâmetro é o mesmo, então acredito que vai dar certo.

Your Turn To Talk

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instagram