Injeção Eletrônica: O que você deve saber sobre sensores.

sensores1

Motores automotivos são repletos de sensores, mas cada um com uma função e funcionamento diferentes.

Os sensores são pequenos componentes eletrônicos que monitoram o funcionamento do motor, estão presentes em quase todas as partes do motor, da admissão ao escapamento. Teoricamente os sensores convertem qualquer fenômeno de natureza física ou química em sinais elétricos, para que estes sejam utilizados pela ECU para comparação com parâmetros pré-estabelecidos contidos na mesma, e a partir deste determinar de que forma os atuadores irão trabalhar.

Classificação:

No geral, os sensores são classificados pela sua Função, Tipos de Curva Característica e o Tipo de Sinal de Saída. Como estamos tratando especificamente dos sensores do sistema de Injeção eletrônica, iremos explicar seu funcionamento com base no seu princípio de funcionamento, logo serão Resistivos, Capacitivos, Geradores de Sinal, Hall e Interruptores. Existem três classes de confiabilidade para sensores automotivos, no caso os sensores do sistema de injeção eletrônica pertencem a Classe 2 – Motor, Trem de força, Suspensão e Pneus.

Resistivos: O sinal de resposta do sensor é com base na variação de sua resistência elétrica. Recebe um sinal fixo de 5 volts e retorna a ECU um sinal variável entre 0 e 5 volts.
Capacitivos: Capacitores são componentes eletrônicos que são capazes de acumular cargas elétricas, sensores capacitivos seguem este princípio, armazenam cargas variáveis e retornam a ECU o mesmo sinal entre 0 e 5 volts. São raros.
Geradores de Sinais: São sensores que por meio de um fenômeno físico são capazes de gerar eletricidade. Geram o seu próprio sinal de referência.
Hall: Também são geradores de sinais, mas nesse caso convertem um sinal contínuo de 12volts em um sinal pulsado – Onda quadrada – que é enviado a ECU.
Interruptores: Neste caso não há variação de sinal, apenas 0 ou 5 volts é enviado a ECU. Por este motivo não chega a ser considerado um sensor, porém o sinal de alguns interruptores são importantes para ECU.

Auto entusiasta, piloto virtual, técnico em Manutenção e Mecânica Automotiva, estudante de Engenharia Mecânica. Automobilista nato!

Your Turn To Talk

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instagram