Geometria de Suspensão: Por dentro do Caster

Entendendo o Caster:

O ângulo de caster é o ângulo entre a linha de eixo do pino mestre(que fixa a roda) e a linha central da roda. Atualmente o ângulo é determinado pela inclinação do suporte da manga de eixo, logo o pino mestre acompanha essa inclinação.
Um dos melhores exemplos para se compreender o caster é o carrinho de compra(supermercado.), perceba na figura abaixo, que nele o pino mestre fica na frente da roda, logo a sua linha de centro também fica a frente do ponto de contato da roda. Essa característica se apresenta no fato de puxar a roda atrás do eixo quando algum movimento é imprimido ao carro, e por causa disso o carrinho anda em facilmente em linha reta.

casterrodizio

Caster no carro:

O principio é o mesmo, mas no carro a posição do pino mestre varia de veículo para veículo, e o caster medido em graus pode ser positivo, nulo ou negativo.
O caster é um dos fatores determinantes para a estabilidade direcional do veículo  sem que se tenha a necessidade de corrigir sua trajetória, e o valor do ângulo resulta em diferentes respostas do veículo.

casternegposit

- Caster Positivo: O prolongamento da linha de eixo do pino mestre está a frente da roda;
- Caster Nulo: Quando a projeção da linha de eixo do pino mestre está sobre o ponto de contato do pneu com o solo, não existe ângulo em relação a linha central da roda;
- Caster Negativo: A projeção da linha(imaginaria.) de eixo do pino mestre posiciona-se atrás da roda.

A variação do ângulo de caster também resulta em diferentes valores para o curso de caster. O curso de caster é a distancia entre a projeção da linha de eixo do pino mestre e a linha central da roda. É essa distancia que influencia na estabilidade direcional e na rapidez do retorno do volante. No entanto os diferentes ângulos de caster afetam no curso, e logo no comportamento do carro.
O ângulo de caster positivo assegura a estabilidade direcional em alta velocidade e o retorno do volante após uma curva, contudo quando esse ângulo é excessivamente positivo a rapidez com que a direção volta para a posição reta torna-se um incomodo, e o esforço da direção aumenta consideravelmente em baixas velocidades. O contrário ocorre com o ângulo negativo, o esforço da direção é bem menor, mas a estabilidade direcional do veículo torna-se um pouco menor. Em excesso o carro pode ficar vagando pela pista, tendo o motorista que corrigir sua trajetória.

Digital-Camber-Caster

Quando fora do especificado, o caster não se traduz em desgaste de pneu, mas em esforço no sistema de direção, é comum o volante parecer mais pesado e o retorno inconvenientemente rápido para posição reta.
O alinhamento do carro sempre é prejudicado por buracos na pista e qualquer outra pancada que a roda venha a sofrer, por isso preventivamente faça o alinhamento das rodas a cada 10 mil quilômetros.

 

 

Auto entusiasta, piloto virtual, técnico em Manutenção e Mecânica Automotiva, estudante de Engenharia Mecânica. Automobilista nato!

  • Miguel Cunha

    Olá Anderson,

    Antes demais devo agradecer pela sua página, muito bem estruturada e com boa informação.

    Decidi escrever pois o exemplo dado para o ângulo de caster não está correcto. No carro de supermercado o que temos representado não é ÂNGULO de caster mas sim arrasto de caster, provocado pela distância entre o eixo de rotação da roda e o ponto de contacto entre a roda e o solo.

    Se reparar, o eixo de rotação da roda está perpendicular ao solo. ;)

Deixe sua opinião

O seu endereço de email não será publicado

Page Rank